O Perigo Da Adulação!

Toda vez que passo uma nota de 100 reais pra caixa do supermercado, em que ela a coloca na luz para conferir se é falsa, esse ato me lembra a falsidade de uma pessoa. A máscara da falsidade de uma pessoa amiga cai, quando se atravessa uma fase difícil na vida. 

Geralmente, ela entra na sua vida como uma pessoa legal, simpática, etc. Isso enquanto está tudo bem com você: empregado, com saúde; prosperando na família e nos negócios. Ela te tem como referência!

Agora.. Você não precisa ser preso, ir a falência, se separar do cônjuge ou saber que está com um câncer; basta apenas perder o emprego, que ela não atenderá mais suas ligações, mudará os lugares onde sabe que pode topar com você, e correr o risco de você pedir algum dinheiro, um favor, etc.

Antes ela curtia sua companhia, fazia questão de te convidar para um churrasco, festas e barzinhos. Agora ela troca de calçada ao te avistar para não falar com você como se você estivesse uma doença contagiosa, não é mesmo?

Parabéns! Você se livrou de uma Pessoa falsa!!!

Quando você der a volta por cima ela vai ficar sabendo, e certamente vai te procurar com aquela peroba lustrosa na cara e aquele sorriso mais falso que nota de 3 reais, estendendo o rosto para te beijar; (tipo Judas Iscariotes que escolheu o beijo como sinal de sua traição); estendendo a mão para cumprimentar, dando tapinha nas costas e dizendo “Puxa! Quanto tempo, hein!” coisa do tipo que identificamos nos políticos.

É fácil identificar uma pessoa falsa; primeiro porque ela subestima tua inteligência, supondo que seus elogios estão te agradando.

Mas a característica mais nojenta de uma pessoa falsa é Gostar de Adular! Esse tipo de gente está em todo tipo de relacionamento: parentes, colegas de trabalho, igreja, faculdade, e por ai vai.

Conselho bíblico: Quem adula seu próximo está armando uma rede para os pés dele“. (Pv 29:5). Assim como a caixa quer a prova de que aquela nota de R$ 100,00 não é falsa colocando-a sob a luz, assim também, desconfie de quem exagera nos elogios deixando a pessoa envergonhada na frente das pessoas. Cuidado!